Melhores livros de física

melhores livros didáticos de física

Considerada uma das matérias mais interessantes para se aprender, qualquer aluno ficaria feliz ao receber qualquer um destes livros de física, afinal, quem não gosta de discutir sobre buracos negros, energia atômica de uma bomba ou relatividade? Física é uma matéria misteriosa, interessante e que nos faz questionar a todo momento nossa existência. Selecionamos alguns dos melhores didáticos para que você possa aprender em casa com os livros que são referências no centro acadêmico, assim você perceberá que não precisa fazer um curso caro para começar a aprender física. Com certeza haverá algo aqui para cada orçamento e nível de conhecimento, desde os estudantes do ensino médio até os estudantes de pós-graduação.

Veja direto qual é o melhor livro de física na Amazon.

Física Conceitual ★ ★ ★ ★ ★

Física Conceitual

Ver na Amazon
Física: Uma Abordagem Estratégicas ★ ★ ★ ★

Física: Uma Abordagem Estratégicas

Ver na Amazon
Física I, Sears e Zemansky ★ ★ ★ ★

Física I, Sears e Zemansky

Ver na Amazon
Lições de Física: Edição do Milênio - Richard P. Feynman

5. Lições de Física: Edição do Milênio - Richard P. Feynman

Nobel da física, físico-nuclear e professor, Richard P. Feynman é considerado, por muitos, o melhor professor de física que já existiu. Seu livro Lições de Física é uma coleção de cursos que foram extraídos de suas aulas nas universidades que abrange desde eletromagnetismo até mecânica quântica.

  • Livro bastante conteudista e desafiador
  • Autor considerado o melhor professor de física
  • Torna as ideias complicadas acessíveis
Ver na Amazon Ver na Americanas
Curso de Física Básica - Herch Moysés Nussenzveig

4. Curso de Física Básica - Herch Moysés Nussenzveig

Grande referência em diversas universidades conceituadas no mundo, o livro Curso de Física Básica de Nussenzveig tem como principal característica sua abordagem centrada com ênfase matemática à matéria.

  • Abordagem centrada e direta
  • Ênfase na matemática
  • Exercícios relevantes e aprofundados
Ver na Amazon Ver na Americanas
Física: Uma Abordagem Estratégica - Randall D. Knight

3. Física: Uma Abordagem Estratégica - Randall D. Knight

Física: Uma Abordagem Estratégica de Randall D. Knight, é recomendado para alunos que tenham uma bagagem tecno científica maior. Entretanto, é um livro que avança em uma velocidade generosa para não deixar ninguém para trás.

  • Grande ênfase na didática ilustrativa
  • Excelentes perguntas de revisão
  • Inclui alguns tópicos avançados
Ver na Amazon Ver na Americanas
Física I, Sears e Zemansky - Hugh D. Young / Roger A. Freedman

2. Física I, Sears e Zemansky - Hugh D. Young / Roger A. Freedman

Física I, Sears e Zemansky de Hugh Young e Roger Freedman é o livro mais utilizado nos cursos de físicas de nível superior. Este livro também exige que o aluno tenha uma bagagem maior de matemática, cálculo básico aqui se torna um requisito.

  • O livro mais tido como referência nas universidades
  • Explicações relevantes ao conteúdo
  • Os autores têm vários graus de formação
Ver na Amazon Ver na Americanas
Física Conceitual - Paul G. Hewitt

1. Física Conceitual - Paul G. Hewitt

Se você está um pouco desconfiado com a matemática envolvida no estudo do mundo físico, a Física Conceitual de Paul G. Hewitt se aprofunda nos conceitos sem inunda-lo com nada mais complicado do que álgebra e um pouco de trigonometria.

  • Adequado para todos os níveis de estudantes ou curiosos
  • Captura as grandes ideias do campo
  • Vídeos online para melhor compreensão
Ver na Amazon Ver na Americanas

Nota do Editor

Classificar livros didáticos de física é complicado, assim como qualquer matéria que seja mais aprofundada, afinal, o quão útil ele será para o leitor depende do grau de conhecimento do leitor sobre o assunto em questão. Alguns livros podem ser bastante simples para alguns leitores e bastante avançado para outros, se você estiver num curso de física conseguirá acompanhar a maioria desses livros, caso você não esteja em um curso de física, o ideal é que você saiba pelo menos a matemática básica como tipos de unidades, álgebra, trigonometria e um pouco de cálculo. Nossa maior preocupação na hora de classificar foi indicar livros tidos como referência independente do grau de conhecimento que ele exige.

Por exemplo, na nossa escolha, o melhor ganhou seu lugar em grande parte por sua falta de jargão técnico e estilo de escrita simples, mas divertido. Continua a ser uma excelente escolha para alunos mais novos, mas aqueles com um pouco de experiência ou uma profunda compreensão da trigonometria podem achá-lo menos útil. O nosso escolhido número um, Física Conceitual, também visa tornar suas aulas fáceis de entender para a maioria dos alunos, mas o faz com exemplos do mundo real que são apoiados por uma explicação matemática completa e com alguns vídeos para exemplificar o assunto, afinal física é uma ciência e muito disso se trata de observação. O resultado é um texto de fácil leitura, abrangente na sua abordagem e aplicável para um vasto leque de alunos e curiosos.

Os livros de Física são apenas para quem cursa física?

A maioria desses livros são feitos para os cursos de formação do ensino superior, isso não significa que você que não cursa física não possa aprender com eles também, muito pelo contrário, o aluno autodidata que tem interesse na ciência em si se beneficia muito com eles, mas é importante que o aluno tenha um conhecimento prévio em matemática.

A física é o estudo das forças que governam grande parte do universo conhecido. Os conceitos de física influenciam diretamente todos os aspectos da vida, por isso não é de se admirar que o número de pessoas que escolhem estudar o tema esteja em ascensão. Os livros didáticos de Física oferecem uma maneira fácil para estudantes de todas as idades aprenderem sobre esses conceitos.

No Brasil, por exemplo, as ciências estão se tornando cada vez mais popular, principalmente por conta das mídias de entretenimentos que trazem vídeos e documentários que mostram como essas matérias são interessantes.

Ao contrário da crença popular, os livros didáticos de física não são simplesmente para acadêmicos. Enquanto muitos são escritos para atender a instituições de ensino superior, o aluno autodidata também se beneficia deles. Os livros de física tendem a ser divididos em capítulos sucintos e fáceis de seguir. O estudo dos livros de física também tende a ter uma certa ordem, o que significa que eles não se aprofundarão no reino espantoso da Física Quântica antes de explicar as Leis de Newton.

Quaisquer pré-requisitos para a compreensão de conceitos são geralmente abordados nos primeiros capítulos de um livro didático, e podem ajudar a trazer qualquer aluno para a atualidade com alguns dos conceitos mais básicos da Física. É também importante para o leitor ter uma forte compreensão da álgebra e trigonometria básicas, assim como dominar o conceito do teorema de Pitágoras.

Os livros didáticos também são feitos para serem lidos. Embora possa parecer uma noção óbvia, a literatura técnica apresentada pela comunidade física é difícil de seguir pela maioria dos padrões. Os fabricantes de livros didáticos assumem a tarefa de digerir esta informação e reescrevê-la de forma a tornar os conceitos acessíveis a todos os que os leem.

Quais são os principais tópicos abordados em física?

Livros de física podem conter diversos conteúdos, geralmente são separados em três ou quatro volumes passando por mecânica, óptica, ondulatória e física moderna. O objetivo final da física é entender melhor a nossa realidade física. Para isso, os físicos têm formulado uma série de leis e teorias fundamentais usadas para descrever como funcionam as forças na realidade. Desde a primeira vez que um livro de física é aberto, alguns princípios básicos precisarão ser cobertos e compreendidos, por exemplo, Newton também desenvolveu uma lei da gravidade, que explicava a força atrativa entre um par de massas.

Enquanto a física está evoluindo a cada dia, a compreensão que temos das teorias básicas da física veio de um homem no século XVII, Isaac Newton. A primeira lei do movimento de Newton afirma que um objeto em repouso permanecerá em repouso, a menos que seja agido por uma força externa. Da mesma forma, um objeto em movimento permanece em movimento a menos que seja agido por uma força externa. Sua segunda lei do movimento afirma que a aceleração ocorre quando uma força age sobre uma massa. Quanto maior a massa do objeto, mais força ele necessitará para se mover. A terceira lei de Newton afirma que para cada ação há uma reação igual e oposta.

Newton também desenvolveu uma lei da gravidade, que explica a força atrativa entre um par de massas. Esta era uma lei incompleta, no entanto. Uma compreensão mais abrangente das forças gravitacionais veio com a equação mais notável de Einstein, E=mc². Esta teoria da relatividade mostra que o aumento da massa de um corpo provém da energia cinética desse corpo, dividida pela velocidade da luz ao quadrado. Isto levantou a ideia de que massa e energia são a mesma entidade física, e mudou o campo da física para sempre. Estes constituem alguns dos conceitos mais básicos que todos os manuais de física abordarão.

Outros campos notáveis da física

O interesse do público sobre o tema da física tem se acentuado na era moderna. Enquanto a física como um todo é o estudo da natureza e das propriedades da matéria e da energia, há um vasto número de campos diferentes que cobrem vários aspectos da física.

A física das partículas é um desses campos que tem ganho popularidade recentemente. Isso se deve em grande parte a uma série de novas descobertas, como a partícula de Higgs-boson. Em resumo, a partícula de Higgs-boson é responsável por dar ao universo a sua massa. O campo Higgs foi a última peça em falta no Modelo Padrão da Física de Partículas. A descoberta da partícula de Higgs-boson marcou um enorme marco na compreensão humana da natureza, e permite que a física avance em direção a novas descobertas com facilidade.

A física quântica é outra área interessante que lida com a teoria fundamental da natureza na menor escala. Por exemplo, um princípio da física quântica é que tudo no universo é composto por partículas, ao mesmo tempo em que é composto por ondas. Por exemplo, um fóton é considerado como uma partícula de luz. Na realidade, não é apenas uma partícula, mas uma excitação que ocorre num campo quântico de energia. É fácil isolar pequenas partículas como fótons ou elétrons em conversa, mas no seu estado natural, elas existem no estado de onda-partícula inseparável.

Outra ideia fascinante decorrente da física quântica é a ideia de emaranhamento quântico. Na física quântica, quaisquer partículas que estão enredadas permanecem ligadas, mesmo depois de separadas. Ações realizadas em uma dessas partículas afetarão a outra partícula emaranhada. Duas partículas emaranhadas podem ter milhas colocadas entre elas, mas se uma começa uma ação, a outra começa uma ação semelhante quase instantânea. Enquanto Schrodinger foi o primeiro a usar o termo emaranhamento, Albert Einstein chamou-o famoso de ação assustadora à distância(ou ação fantasmagórica à distância).