Melhores bicicletas elétricas

Pedalar é uma atividade física muito prazerosa e que pode ser praticada por pessoas de qualquer idade. O exercício tem baixo impacto, e permite um maior contato com a natureza, proporcionando bem-estar e promovendo a saúde.
Com a mobilidade urbana cada vez pior, especialmente nas grandes cidades, o uso da bicicleta como meio de transporte se tornou uma alternativa de locomoção. Para trajetos com média de até 5 Km, a opção da bicicleta pode ser ideal para chegar mais rápido ao trabalho ou fazer atividades do dia a dia.
Muitas pessoas já trabalham de bicicleta, por ser uma alternativa mais econômica que o transporte público, por exemplo. Outras modalidades de trabalho, como as entregas em domicílio, também podem ser feitas com a bicicleta.
De olho nesse mercado, alguns fabricantes trazem uma inovação tecnológica. A cada dia as bicicletas elétricas ganham mais espaço e preferência dos consumidores. Confira a lista com as melhores opções, para te ajudar a escolher um modelo que melhor se adapte ao seu estilo de vida.

Melhores bicicletas elétricas de 2020

1. Bicicleta Elétrica Myway 2.0 Aro 14 - autonomia 40km
2. Bicicleta Elétrica Sonny 350W - autonomia 20km
3. Bicicleta Elétrica Duos Confort 800W – autonomia 30Km
4. Bicicleta Elétrica Átrio Berlim Aro 20 250w – autonomia 80km
5. Bicicleta Elétrica Goldentec GT MOB – autonomia 20km
Bicicleta Elétrica Myway 2.0 Aro 14 - autonomia 40km

1. Bicicleta Elétrica Myway 2.0 Aro 14 - autonomia 40km

A primeira colocada merece destaque pela autonomia oferecida e pelo conforto. É uma bicicleta mais leve, dinâmica e dobrável. A combinação entre pedalar e utilizar a bateria garante uma autonomia de até 40 Km sem necessitar de carregamento. No modo totalmente elétrico, tem autonomia de até 25 Km, e atinge a velocidade de 25 Km/h. Traz também acessórios de segurança, com iluminação em LED e painel com as principais informações do percurso.

Ver na Submarino Ver na Americanas
Bicicleta Elétrica Sonny 350W - autonomia 20km

2. Bicicleta Elétrica Sonny 350W - autonomia 20km

Este modelo é silencioso e por possuir uma bateria em lítio, garante a maior autonomia. No modo totalmente elétrico, tem autonomia de 20 Km e atinge até 25 Km/h. Suporta usuários de até 100 Kg e oferece carregamento bivolt, com tempo de vida prolongado para a bateria.

Ver na Submarino Ver na Americanas
Bicicleta Elétrica Duos Confort 800W – autonomia 30Km

3. Bicicleta Elétrica Duos Confort 800W – autonomia 30Km

A bicicleta Elétrica Duos é um modelo mais sofisticado quando se trata de bicicletas elétricas. Possui acessórios de segurança diferenciados, como alarme automotivo, trava de segurança antirroubo, faróis e sinalizadores em LED e painel digital. Ideal para quem precisa de uma bicicleta para estudar ou trabalhar, pois também traz um bagageiro acoplado, mantendo a leveza da confecção em aço e alumínio. Suporta usuários de até 90 Km, acima desta carga há redução da eficiência da bateria. Autonomia de 25 a 30 Km e carregamento bivolt.

Ver na Submarino Ver na Americanas
Bicicleta Elétrica Átrio Berlim Aro 20 250w – autonomia 80km

4. Bicicleta Elétrica Átrio Berlim Aro 20 250w – autonomia 80km

O diferencial desta bicicleta é a leveza da confecção em alumínio com partes dobráveis. Associando a pedalada com a bateria, possui autonomia de até 80 Km, com bateria de excelente qualidade e durabilidade, certificada pela LG. Também possui como item de segurança um painel digital, com informações de velocidade e diversas funções de monitoramento do percurso.

Ver na Amazon
Bicicleta Elétrica Goldentec GT MOB – autonomia 20km

5. Bicicleta Elétrica Goldentec GT MOB – autonomia 20km

Garantia de conforto e praticidade em uma bicicleta dobrável é a aposta deste modelo. Pode atingir até 25 Km/h e autonomia de até 20 Km. A bateria é composta de lítio, o que garante maior durabilidade e resistência. O monitoramento da bateria pode ser feito pelo painel digital, com diferentes funcionalidades e opções de monitoramento do percurso. O diferencial está na segurança oferecida, com freios a disco e painéis luminosos de LED e luz de freio. Suporta uma das maiores cargas, atendendo usuários até 120 Kg sem perda de desempenho da bateria.

Ver na Amazon

Como escolher a melhor bicicleta elétrica para você

Ainda que sejam muito mais baratas que um carro ou mesmo uma motocicleta, as bicicletas elétricas têm um custo inicial de investimento significativo. Acertar na escolha do melhor modelo e das opções de acessórios é fundamental para aquisição de um veiculo de transporte seguro e eficiente.

Dentre as diferentes marcas e modelos disponíveis no mercado, algumas funções são fundamentais e devem ser bem avaliadas na hora da compra. Vale lembrar também que algumas bicicletas elétricas possuem motores com a função de acelerador. Estes modelos são enquadrados pelo código brasileiro de trânsito como veículos ciclomotores, e por isso, exigem o porte de Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Uma boa escolha deve considerar as distâncias a serem percorridas, frequência de uso pretendida e espaço para armazenamento da sua bicicleta. Veja a seguir alguns pontos importantes a serem observados na escolha da sua bicicleta elétrica.

Velocidade máxima em Km/h

Como ressaltado, de acordo com as especificações técnicas algumas bicicletas elétricas podem ser enquadradas como ciclomotores. Aquelas que atingem o limite máximo de velocidade em 25 Km/h estão fora desta especificação, e podem circular tranquilamente nas vias públicas das cidades.

Vale ressaltar que velocidades maiores requerem motores mais potentes, e também representam menores tempos de autonomia da bateria. Neste caso, verificar a distância do seu trajeto, adequando a sua velocidade e o uso alternado entre bateria e pedalada podem garantir um uso mais eficiente da bicicleta.

Peso máximo suportado em kg

Os pesos máximos suportados por uma bicicleta elétrica variam de acordo com cada fabricante. Alguns modelos suportam no máximo 90 Kg, outros até 120 Kg. Existem no mercado atualmente modelos e marcas que oferecem opção de carga de até 180 Kg.

Obviamente, quanto maior a capacidade de carga, melhor deverá ser a bateria para fornecer uma boa autonomia. E baterias melhores são mais caras e requerem manutenção específica. Verificar esta especificação pode ser fundamental na escolha da sua bicicleta.

Se você pretende usar a bicicleta para transporte de cargas e entregas, por exemplo, o investimento em modelos que comportem mais peso pode ter um bom custo-benefício em longo prazo. Por outro lado, se o objetivo for apenas o seu transporte pessoal, vale a pena verificar modelos mais simples e que sejam compatíveis com o seu peso corporal.

Potência

Observar a potência da bicicleta pode ser interessante para avaliação da autonomia da sua bateria. A potência fornece força para um deslocamento mais rápido e potencial de aceleração. Logo, bicicletas com maior potência podem atingir velocidades maiores. Pode ser vantajoso ter uma bicicleta mais potente se seu percurso tiver um terreno mais irregular, dando mais conforto ao longo do trajeto.

Por outro lado, uma bicicleta muito potente pode não ser de grande utilidade em terrenos mais planos e para ciclistas mais leves. Isto porque a própria legislação impõe o limite de velocidade em 25 Km/h, e você nem poderá usar toda potência de aceleração da sua bicicleta nas ciclovias. Além disso, uma maior potência requer motores mais sofisticados, e o custo associado pode não trazer tanto benefício na utilização.

Bateria e autonomia da bicicleta em Km

Estes são talvez os itens mais importantes a serem observados na escolha de uma bicicleta elétrica. A qualidade da bateria tem reflexo direto na autonomia da bicicleta e nos custos de manutenção.

No mercado existem basicamente duas opções de baterias: as de chumbo e as de lítio. As de chumbo não trazem realmente as melhores vantagens, a não ser o seu custo mais baixo para a aquisição. Ainda assim, elas são mais pesadas, têm uma vida útil menor e os tempos de recarga são mais longos.

As baterias de lítio são as mais comuns atualmente, e os novos modelos já trazem este modelo. São mais leves e é possível recarregá-las separadamente da bicicleta, o que torna o carregamento mais prático. Além disso, sua vida útil é maior, o que é ambientalmente mais amigável, com menor descarte de baterias usadas ao longo do tempo.

A autonomia da bicicleta elétrica é outro fator fundamental na análise para a compra. Aspectos como o tipo de bateria, potência do motor, velocidade média utilizada e declividades do terreno influenciam no tempo de autonomia da bateria. Ainda assim, uma autonomia considerada adequada varia entre 25 e 50 Km de trajeto, o que garante uma boa mobilidade ao usuário.

FAQs - bicicletas elétricas

📗 O que é uma antena digital?

A antena digital é um aparelho indispensável para a captação do sinal da TV digital. Hoje em dia, o sinal analógico já foi praticamente excluído, mas a previsão é de que ele seja eliminado por completo até 2023 de todos os municípios brasileiros. Essa decisão veio da Portaria número 378/2016 do Ministério das Comunicações. A alta definição e a recepção portátil do antigo estabelecimento de sinal não é modificada por essa inovação. O que muda é, na verdade, a qualidade da imagem e do som que são transmitidos para aqueles que assistem televisão.
Televisores antigos não possuem conversores digitais, que podem ser adquiridos separadamente – o que não dispensa a necessidade de uma antena. Os novos aparelhos fabricados, no entanto, já saem das lojas com a capacidade de receberem o sinal digital.

📗 Qual o valor de uma bicicleta elétrica?

Os valores das bicicletas elétricas são muito variáveis. As mais simples podem custar em torno dos R$2.500,00 como preços iniciais. Entretanto, existem modelos e marcas no mercado que podem atingir valores bem mais altos, perto dos R$5.000,00 ou mais. O valor do investimento deve ser compatível com a sua pretensão de uso da bicicleta e o custo-benefício obtido com a aquisição.

📗 Qual a melhor marca de bicicleta elétrica?

Existem muitas marcas no mercado atualmente, e todas têm suas particularidades nos modelos oferecidos que conferem vantagens para cada usuário. Marcas como a Myway, Sonny, Átrio e Goldentec são opções mais baratas, mas ainda assim com bom custo-benefício. Além disso, possuem uma maior variabilidade em modelos, permitindo a escolha de um que melhor se adapte à sua necessidade.
Outras marcas tradicionais na fabricação de bicicletas, como a Caloi e a Mountain Bike também estão investindo no mercado de bicicletas elétricas. Com grande credibilidade, oferecem produtos de qualidade e com boa assistência técnica.
O fator-chave na escolha da melhor marca para você talvez seja justamente este: acessibilidade e facilidade de comunicação com o fabricante para a assistência técnica. Como o segmento de bicicletas elétricas é relativamente recente, vale a consulta a sites especializados e revendedores para garantir a segurança de uma boa compra.

📗 Qual a velocidade máxima de uma bicicleta elétrica?

Algumas bicicletas elétricas podem atingir velocidades relativamente altas, perto dos 50 Km/h. Entretanto, de acordo com o código brasileiro de trânsito, a velocidade máxima permitida para o tráfego de bicicletas elétricas é de 25 Km/h, velocidade oferecida pela maior parte dos modelos e febricantes.

📗 Quanto tempo dura uma bicicleta elétrica?

A bicicleta elétrica tem durabilidade vitalícia, considerando que sejam feitas as manutenções regulares requeridas nos componentes e a troca periódica dos pneus.
O único componente que é trocado com certa regularidade é a bateria, que tem um tempo de vida limitado aos ciclos de recarga. A durabilidade depende, então, do modelo da bateria, frequência de recargas e das especificações do fabricante.

📗 Qual a vantagem de ter uma bicicleta elétrica?

O principal é o benefício de deslocamento urbano facilitado. Uma bicicleta pode proporcionar trajetos mais rápidos e poupar o tempo gasto no trânsito.
Além disso, utiliza uma fonte de energia que não emite gases do efeito estufa, como o metano e o gás carbônico, resultantes da queima dos combustíveis dos veículos. É um veículo mais econômico e ambientalmente amigável. Por fim, proporciona uma opção de exercício físico, contribuindo para a qualidade de vida e saúde do seu usuário.

📗 O que é melhor bicicleta elétrica ou motorizada?

Sem dúvida, a bicicleta elétrica. A bicicleta motorizada possui um motor movido a combustível, composto pela mistura de óleo e gasolina ou álcool, como qualquer veículo. Logo, uma bicicleta motorizada é bem mais poluente que uma bicicleta elétrica, e apesar do seu custo de aquisição ser menor, não é vantajosa para o meio ambiente.

📗 Quantos quilos uma bicicleta elétrica aguenta?

O peso máximo suportado por uma bicicleta elétrica é variável. Algumas comportam 90 kg, outras 120 Kg ou mais. É preciso verificar com o fabricante as especificações técnicas de cada marca e modelo.

📗 Pode lavar bicicleta elétrica?

Como qualquer bicicleta, o modelo elétrico pode sim ser lavado, desde que observados cuidados adicionais.
O mais importante é nunca molhar os componentes elétricos e sempre remover a bateria antes de iniciar a limpeza. No caso das baterias de chumbo, que podem ser fixas, o cuidado deve ser redobrado e os conectores desligados. Esses procedimentos são fundamentais para evitar danos à bateria e curtos elétricos.
Como o motor também não pode ser molhado, jamais lavar a bicicleta com mangueiras ou lavadoras de alta pressão. A limpeza deve ser bem manual e cuidadosa, com esponja e sabão neutro, e panos macios para secar a bicicleta. Jamais deixar secando ao sol, para não danificar os componentes elétricos. Por fim, só reinstale a bateria, caso ela seja removível, quando a bicicleta estiver completamente seca. Essas são dicas fundamentais para a conservação da sua bicicleta elétrica por mais tempo.